14
Jun 10

Para passear em família...

... aceite as sugestões de www.portaldosmiudos.com.

publicado por D. às 13:45 | comentar | favorito | partilhar
19
Abr 10

Jogos Tradicionais - O Jogo do Anel

 

Primeiro, escolhe-se quem vai ser o portador do anel. Este põe o anel (ou outro objecto pequeno) entre as suas mãos, encostadas uma à outra. Os outros jogadores ficam lado a lado, com as mãos encostadas como as do jogador que tem o anel. Este passa as suas mãos pelo meio das mãos de cada um dos jogadores, deixando cair o anel nas mãos de um deles, sem que mais ninguém se aperceba. Quando tiver passado todos os jogadores, o portador do anel pergunta a um deles quem ele pensa que ficou com o anel. Se acertar, é o novo portador do anel. Se não acertar, paga a prenda, ou seja, submete-se a um “castigo” que os outros jogadores decidirem. A pergunta é repetida até alguém acertar. Quem o fizer, será o novo portador do anel.

publicado por D. às 17:27 | comentar | favorito | partilhar
16
Mar 10

Jogos Tradicionais - O Lencinho

Mais um jogo tradicional encontrado na net, vamos pôr os nossos filhos a brincar: 

Mais de seis crianças colocam-se em roda, com as mãos atrás das costas. Uma outra criança, escolhida anteriormente, corre à volta e por fora da roda feita pelos colegas com um lenço na mão. O centro da roda é o local de castigo: o choco.

Ninguém na roda pode olhar para trás, podendo apenas espreitar por entre as suas pernas quando o jogador com o lenço passa. Quando a criança que tem o lenço entender, deixa-o cair discretamente atrás de um dos companheiros da roda e continua a correr.

Se, entretanto, o colega da roda descobrir que o lenço está caído atrás de si apanha-o e tenta agarrar o outro que, continuando a correr, tenta alcançar o lugar que foi deixado vago na roda pelo primeiro. Se não o conseguir agarrar, continua o jogo, correndo à volta da roda e indo deixar o lenço atrás de outro. Se o conseguir agarrar, o que corria de lenço na mão vai de castigo para o choco, sendo a “pata choca”. No choco, tem de estar de cócoras.

Pode acontecer que a criança da roda não repare que o lenço caiu atrás de si. Se assim acontecer, a que corre, depois de dar uma volta completa à roda, alcança o lenço no local onde o deixou cair. Neste caso, passa o primeiro para o choco tornando-se a “pata choca”. A criança que corria com o lenço na mão continua, deixando cair o lenço atrás de outro.

Aquele que avisar outro que o lenço está atrás de si vai igualmente para o choco. Um jogador só se livra do choco quando um outro jogador para lá vai (no choco só pode estar uma “pata choca”). Também se livra do choco se conseguir apanhar o lenço caído atrás de alguém. Neste caso, esse alguém vai para o choco.

Embora seja mais difícil de acontecer, quem corre com o lenço na mão pode deixá-lo cair dentro da roda, atrás da “pata choca”. Esta deve apanhar o lenço, como qualquer criança da roda e perseguir o outro, saindo pelo buraco por onde foi atirado o lenço. Se apanhar o corredor, passa este para o choco. Se não o apanhar, continua o jogo com o lenço na mão, entrando o outro na roda. Se o corredor der uma volta inteira antes da “pata choca” ter apanhado o lenço, esta passa a dupla “pata choca” e deve levantar um braço. Se passar a tripla, deve levantar os dois braços e se passar a quádrupla, levanta os dois braços e uma perna. Este último caso é muito difícil de acontecer.

É vulgar que a criança que corre cante, repetidamente, uma das seguintes estrofe:

"O lencinho está na mão,
Ele cai aqui ou não,
quem olhar para trás
leva um grande bofetão.”
 ou

“ O lencinho vai na mão,
vai cair ao chão,
quem olhar para trás
leva um grande bofetão”

ou

“ Lencinho cai cai,
ele está para cair,
Quem olhar p'ra trás
leva um bofetão”

publicado por D. às 21:54 | comentar | favorito | partilhar
24
Fev 10

Jogos Tradicionais - O caracol

Depois de traçada a figura de um caracol no solo(com várias casas e no centro da espiral uma casa que diz "CÉU"), as crianças terão de encaminhar a malha até ao céu. Cada caracol tem um número variável de casas. Leva a malha colocando-a em cima do pé. Regressa ao ponto de partida ao pé-coxinho. Não pode pisar qualquer traço da figura, com o pé ou com a malha. Se a criança conseguir ir e regressar correctamente, escolhe uma casa qualquer e marca-a. Nessa casa poderá descansar, poisando ambos os pés no chão quando, no jogo seguinte, lá passar. Os colegas terão de passar por cima da sua casa. Assim, o jogo vai gradualmente aumentando de dificuldade, ganhando-o quem conseguir o maior número de casas. 

 

É impressionante como nos esquecemos dos jogos que jogámos em criança... Joguei este jogo "milhares" de vezes com a minha irmã e as minhas primas...

publicado por D. às 22:37 | comentar | favorito | partilhar
20
Fev 10

Jogo da tracção com corda

É necessário 1 corda e 1 lenço que deverá estar atado a meio da corda.
Jogam 2 equipas com o mesmo número de jogadores cada uma. 
Como se joga:  Num terreno plano e livre de obstáculos, duas equipas com forças equivalentes, seguram, uma de cada lado e à mesma distância do lenço, uma corda. Entre as equipas, antes de começar o jogo, traça-se ao meio uma linha no chão. O jogo consiste em cada equipa puxar a corda para o seu lado, ganhando aquela que conseguir arrastar a outra até o primeiro jogador ultrapassar a marca no chão. É também atribuída a derrota a uma equipa se os seus elementos caírem ou largarem a corda. Não é permitido enrolar a corda no corpo ou fazer buracos no solo para fincar os pés.

publicado por D. às 21:30 | comentar | favorito | partilhar