Questões a esclarecer antes de ter um filho

Nas minhas andanças pela net encontrei um artigo interessante sobre as questões que o casal deve resolver antes de decidir ter um filho.

Aconselham o casal a ter discutir questões relacionadas com as finanças, a disciplina e a relação com a família. Isto porque muitos casais partem do princípio que têm a mesma opinião em relação a questões que serão importantes depois do bebé nascer, mas nem sempre isso acontece e, normalmente, essas divergências surgem nas piores alturas, quando há problemas.
Em relação a finanças, aconselham o casal a elaborar um orçamento, a considerar tudo o que necessitam de comprar e aquilo que gostariam de comprar mas que não é imprescindível. Aconselham a família a poupar durante a gravidez por forma a tentar gastar apenas um dos salários, se considerarem a hipótese de um dos pais ficar em casa a tomar conta da criança, ou até para simularem as despesas com a creche ou amas.
Outra questão importante a esclarecer é a de quem vai tomar conta da criança. Se um dos pais vai ficar em casa, deixando de trabalhar; se vai ser um familiar; se há que escolher uma creche ou se deverão contratar uma ama. Aconselhando os pais a verificar se a pessoa escolhida para tomar conta da criança concorda com os seus pontos de vista em relação à educação da criança, por forma a evitar problemas complexos.
Em relação à família, os futuros pais devem decidir com quem vão passar ocasiões especiais como o Natal e a Páscoa, os aniversários, por forma a evitar conflitos com a família alargada.
Alertam ainda para a questão da educação e disciplina da criança, aconselhando os futuros pais a discutir e a chegar a um entendimento quanto ao tipo de educação e valores a transmitir à criança. Fazer uma análise daquilo em que se sentem inseguros e que terão de “aprender” sobre o comportamento e desenvolvimento da criança, acrescentando ainda que os pais não se devem esquecer de que as formas de lidar com a criança devem evoluir à medida que a mesma vai crescendo e de acordo com a sua personalidade.
A última questão de que falam refere-se à atitude a ter em relação à religião.
Estas questões parecerem evidentes, mas às vezes não o são tanto quanto isso e os pais podem evitar muitos conflitos e problemas se definirem uma forma de lidar com estas situações desde o início.
O que acham?
publicado por D. às 21:59 | comentar | favorito | partilhar